(11) 3096-0040 
das 8h00 às 19h00


Carbono Zero Courier quer quintuplicar em cinco anos

Carbono Zero Courier quer quintuplicar em cinco anos

Posted by

Empresa do mercado de entregas expressas sustentáveis lança oferta pública para captar recursos. O Equity Crowdfunding desperta, cada vez mais, a atenção do mercado de investimentos brasileiro. A captação de recursos, via financiamento coletivo, é um mecanismo que cresce no mundo todo e estima-se que, no ano passado, movimentou cerca de US$ 1 bilhão. A Carbono Zero Courier decidiu apostar nesse modelo de negócio. “Enxergamos um enorme potencial de expansão através desta modalidade de investimento, por isso fizemos essa opção’, declara Leonardo Lorentz, sócio-diretor da Carbono. A empresa, que atua no mercado de entregas expressas utilizando bicicletas, acaba de lançar a oferta pública através da plataforma Broota. O montante de R$ 600 mil, um dos maiores já captados via equity crowsdfunding no Brasil, é o valor que se pretende atrair através dos títulos de dívida conversíveis em ações, num prazo de cinco anos. “A meta é manter o crescimento superior a 45% ao ano com esse lançamento, atraindo e remunerando investidores e entusiastas desse setor”, diz o executivo. Fundada em 2010, em São Paulo, a Carbono Zero Courier tem como aliadas as bandeiras da sustentabilidade, inovação e tecnologia. A empresa cresceu em um ritmo acelerado nos últimos cinco anos. “Começamos atuando apenas com bicicletas na região central de São Paulo. Hoje estamos em todas as cidades da Grande São Paulo, da Baixada Santista e em Campinas. Nossos bikers já percorreram distância suficiente para dar 36 voltas na Terra, evitando assim a emissão de mais de 105 toneladas de CO2. Somos líderes e planejamos expandir ainda mais com novas unidades de negócios e abertura do sistema de franquias”, ressalta Lorentz. O mercado de entregas expressas movimenta números significativos e atraentes. Segundo Leonardo Lorentz, existem cerca de 220 mil motoboys em São Paulo. “Se cada um deles fatura, em média, R$ 2.500 por mês, o valor total supera os R$ 6 bi por ano. Com apenas 1% desse mercado poderíamos faturar R$ 60 milhões por ano”, avalia. Eficientes e sustentáveis — No trânsito caótico de São Paulo, a bicicleta é mais rápida que o carro – chega a se deslocar no dobro da velocidade – e, em curta distância, é mais veloz que a moto. O serviço oferecido pela Carbono Zero Courier alivia o trânsito, os estacionamentos, o barulho e a poluição das cidades. É uma forte tendência em outros países e um amplo mercado a ser explorado no Brasil. Outra vantagem a ser destacada é a utilização da tecnologia, que permite um ganho de produtividade, transparência e uma economia maior aos clientes. A Carbono Zero Courier trabalha com sistema de gestão e aplicativos para solicitar e acompanhar os serviços, que são rastreados por GPS e monitorados em tempo real. A empresa conta com uma equipe de mais de 100 profissionais, distribuídos nas cidades da Grande São Paulo, Baixada Santista e Campinas, que utilizam bicicletas ou scooters elétricas. Atualmente, a Carbono Zero Courier ‘pedala’ para clientes como o PWC, Bovespa, Grupo Fleury, EDP, Banco Santander, Instituto Acatu, Diageo, Livraria da Vila, ESPM e WWF. Diariamente são centenas de entregas de documentos, alimentos, exames, flores, livros e pequenas encomendas.

 

Fonte:

 Portal Fator Brasil
http://www.revistafatorbrasil.com.br/ver_noticia.php?not=316999

admin

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.